27 julho, 2009

Felicidade


Felicidade, estranha sensação tão desejada e tão pouco encontrada.
Passamos a vida a procurar ser felizes, pensando como seriamos felizes se tivéssemos feito outras escolhas na vida, ou se possuíssemos certos bens associados a felicidade.
Mas, por mais irónico que isso possa parecer, é quando perdemos algo que nos damos conta de que éramos felizes com o que tínhamos, seja uma amizade, um relacionamento ou um familiar.
Porque será necessário perder as coisas para vermos quanto valiam?
Porquê procurar alcançar algo que já temos, por vezes ao nosso lado?
Porque não tentar ver a felicidade que há numa amizade, no amor, na família, num sorriso ou numa delicadeza?
Porque gastamos muitas palavras quando já não nos ouvem, quando antes estávamos calados?
Encontre a felicidade de estar vivo, de poder amar e ser amado, de ser ouvido e compreendido.

Seja feliz.

Solitário

(enviado por email)
Fotografia: Estrada N102 perto da Junqueira, ao volante! (07-06-2008)

2 comentários:

Anónimo disse...

Texto singelo,mas verdadeiro.Bem haja o autor por nos lembrar que,afinal,a felicidade não é assim tão difícil de encontrar. Com simplicidade,sejamos felizes.

Wanda disse...

Olá
O texto me faz lembrar a frase:"Eu era feliz e não sabia."
A felicidade é um sentimento simples, nem sempre o que sonhamos é a felicidade quando o sonho se torna real.Era mais feliz quando sonhava com o que queria realizar do que agora que sonho está realizado.
Quem não se sentiu assim?Querer voltar a momentos que na ocasião nos pareciam ruins , mas que agora se voltassemos no tempo , sorveriamos cada minuto?
C'est la vie !

Abraço
Wanda

PS.Gostei da foto!
São Paulo,27 de julho de 2009